21 maio 24

Como faço para usar os relatórios da MAGENTA™ para aconselhar meus pacientes de FIV-ICSI?

O PROPÓSITO DO MAGENTA™

Os relatórios MAGENTA™ fornecem percepções individualizadas dos pacientes sobre a qualidade dos oócitos para:

  • Entender melhor a principal causa da falha nos ciclos de FIV-ICSI:
    • — Informar sua tomada de decisão sobre os próximos passos e oriente o planejamento do ciclo futuro
    • — Apoiar conversas de aconselhamento após ciclos malsucedidos
  • Gerenciar as expectativas de sucesso dos pacientes:
    • — Comparar as estimativas do padrão de atendimento para ajudar a alinhar os pacientes às futuras recomendações de tratamento

COMO OS RELATÓRIOS MAGENTA™ FUNCIONAM PARA PADRONIZAR A AVALIAÇÃO DE OÓCITO

A tecnologia Future Fertility usa IA para avaliar imagens 2D de oócitos maduros frescos e desnudados (MII) – detectando características invisíveis ao olho humano – para fornecer uma pontuação MAGENTA™. A pontuação MAGENTA™ é baseada no potencial reprodutivo do oócito; mais especificamente, representa a probabilidade do oócito se desenvolver em um blastocisto.

Atualmente, não existe um sistema de pontuação visual de oócito validado (ALPHA 2011) que seja capaz de fornecer feedback consistente e objetivo sobre a qualidade dos oócito. Nosso modelo foi construído usando mais de 120.000 imagens de oócito e seus resultados laboratoriais de clínicas parceiras em oito países. Nossa IA supera consistentemente a precisão dos embriologistas em prever a formação de blastocistos em pelo menos 20%, em média.1

Nossa integração e validação com o EmbryoScope (incubadora com time-lapse) e outras câmeras/lasers de microscópio de luz tornam o MAGENTA™ fácil de adotar no fluxo de trabalho do laboratório e integrar-se à prática clínica.

A NECESSIDADE DE PREDIÇÕES DA QUALIDADE DE OÓCITO NA ICSI

Obter percepções individualizados sobre a qualidade dos oócitos preenche uma lacuna crítica no processo de tratamento de FIV-ICSI. Embora existam maneiras de avaliar a qualidade do esperma e a qualidade do embrião, as informações sobre o oócito são limitadas dentro do padrão atual de cuidados (número, maturidade nuclear, previsões relacionadas à idade). Dadas as altas taxas gerais de falha do ciclo, gerenciar as expectativas do paciente ao longo do processo torna-se fundamental para incentivá-lo a considerar tentativas em série, aumentando assim suas chances cumulativas de sucesso.

Além disso, as informações sobre o oócito podem ajudar a identificar potenciais fatores que contribuem para a falha do tratamento, apoiando assim o planejamento personalizado do ciclo futuro e melhorando o atendimento geral ao paciente.

Os laboratórios usam rotineiramente tecnologias semelhantes e abordagens de classificação para medir a qualidade do esperma e do embrião. As falhas na ICSI com espermatozoides móveis morfologicamente normais e transferências embrionárias fracassadas de embriões euploides de alta qualidade infelizmente fazem parte da prática rotineira.

O MAGENTA™ deve ser considerado uma adição a estas ferramentas para fornecer uma melhor compreensão sobre o atual ciclo de FIV-ICSI e ser usado como uma ferramenta de aconselhamento para otimizar o planejamento do ciclo futuro. Embora os relatórios MAGENTA™ superem consistentemente a capacidade preditiva dos embriologistas, essa tecnologia de IA ainda está evoluindo e não é 100% precisa.

Abaixo, vamos orientá-lo sobre como usar MAGENTA™ em uma variedade de cenários de aconselhamento para demonstrar melhor o papel que isso pode desempenhar no atendimento ao paciente.

O QUE ESTÁ NO RELATÓRIO?

Os relatórios MAGENTA™ fornecem uma medida objetiva da qualidade do oócito, incluindo imagens individuais de oócitos e suas predições de formação de blastocisto usando pontuações em uma escala de 0-10. A pontuação atribuída correlaciona-se com o potencial reprodutivo de um oócito para se desenvolver em um blastocisto – quanto maior a pontuação MAGENTA™, maior a probabilidade de que o oócito se desenvolva em um blastocisto. Realizamos estudos prospectivos em várias regiões com parceiros clínicos confiáveis, todos validaram a tecnologia e demonstraram a correlação positiva do modelo.

  • A primeira página do relatório MAGENTA™ fornece um resumo visual da sua pontuação para o grupo completo de oócitos avaliados.
  • Na parte inferior da primeira página, você pode entender a taxa de blastocisto observada para cada intervalo de pontuação MAGENTA™.
  • As páginas restantes fornecem imagens individuais do(s) oócito(s) ao lado de suas respectivas pontuações MAGENTA™.

CENÁRIOS DE ACONSELHAMENTO

Ao usar os relatórios MAGENTA™ para aconselhar seus pacientes, nossa recomendação é se concentrar em comparar as percepções personalizados com expectativas generalizadas (com base na idade e no histórico reprodutivo) para:

  • Confirmar expectativas e decisões de tratamento, ou; 
  • Modificar expectativas e identificar oportunidades para ajustar futuros ciclos de tratamento.

Em todos os cenários , os relatórios MAGENTA™ funcionam como uma ferramenta empírica e tangível para gerenciar melhor as expectativas de seus pacientes com base em sua qualidade pessoalde oócito e ajudá-lo a determinar futuras opções de tratamento. Capacitar os pacientes com uma visão personalizada proporciona maior transparência. Isso pode melhorar sua confiança e satisfação com a clínica, reduzindo o risco de os pacientes procurarem tratamento futuro em clínicas congêneres.

É importante ressaltar que a pontuação MAGENTA™ não deve ser interpretada como um reflexo do desempenho laboratorial, mesmo no caso de ciclos malsucedidos com oócitos de alta qualidade.

1. AS PONTUAÇÕES MAGENTA™ INDICAM OÓCITOS DE BAIXA QUALIDADE, COMO ESPERADO:

Ações de aconselhamento e próximos passos:

  • Confirme o padrão de expectativas de atendimento com seu paciente: 
    • —Compartilhe com seu paciente que sua avaliação personalizada de oócito é consistente com as expectativas com base em sua idade e histórico reprodutivo.
    • — Forneça transparência ao seu paciente, destacando suas percepções personalizados sobre a baixa qualidade dos oócitos para ajudar a gerenciar suas expectativas de sucesso. 
    • — Permita que as pacientes visualizem essas pontuações e a imagem dos seus óvulos podendo ajudá-las a aceitar essa notícia alinhado com as recomendações para futuras opções de tratamento.
  • Considere outro ciclo de FIV-ICSI, com intervenções ou ajustes que possam ajudar a otimizar a qualidade dos oócito (por exemplo, suplementos alimentares, mudanças no estilo de vida, ajustes no protocolo de tratamento, etc.)
  • Considere a doação de óvulos como um possível próximo passo.
  • Você pode decidir fornecer uma cópia do relatório MAGENTA™ ao paciente para que ele possa levar para casa como um documento da qualidade do oócito.

Resumo: Se um ciclo falhar ou se os resultados do desenvolvimento de blastocisto forem abaixo do esperado, os médicos podem usar a pontuação MAGENTA™ para reforçar as expectativas sobre a baixa qualidade dos oócitos devido à idade do paciente ou ao histórico reprodutivo. Esperamos que este seja o caso de uso mais comum para MAGENTA™ em sua clínica (por exemplo, idade feminina avançada, ciclos anteriores de fertilização in vitro fracassados, etc.). O relatório fornece a você e ao seu paciente um documento tangível para ajudar a orientar a conversa, ajudando o paciente a entender melhor uma possível causa de falha e explorando os próximos passos viáveis.

2. AS PONTUAÇÕES MAGENTA™ INDICAM OÓCITOS DE ALTA QUALIDADE, COMO ESPERADO:

Ações de aconselhamento e próximos passos:

  • Confirme o padrão de expectativas de atendimento com seu paciente:
    • — Compartilhe com seu paciente que sua avaliação personalizada de oócito é consistente com as expectativas com base em sua idade e histórico reprodutivo.
  • Aproveite o relatório para apoiar o caso de ciclos adicionais, juntamente com a otimização potencial de outros fatores (por exemplo, qualidade do esperma, fator uterino).
  • Você pode decidir fornecer uma cópia do relatório MAGENTA™ ao paciente para que ele possa levar para casa como um documento da qualidade do oócito.

Resumo: Se um ciclo falhar ou se os resultados do blastocisto forem abaixo do esperado, os médicos podem usar a pontuação MAGENTA™ para confirmar as expectativas de alta qualidade dos oócitos com o paciente. Essas pontuações apoiam a defesa de ciclos adicionais, dada a probabilidade de sucesso do paciente, juntamente com a otimização de outros fatores para ciclos de tratamento futuros.

3. AS PONTUAÇÕES MAGENTA™ INDICAM BAIXA QUALIDADE INESPERADA DE OÓCITOS:

Ações de aconselhamento e próximos passos:

  • Informe seu paciente que sua qualidade oocitária está abaixo do esperado: 
    • — Compartilhe com seu paciente que sua avaliação personalizada de oócito foi menor do que o esperado com base em sua idade e histórico reprodutivo. Se o ciclo não foi bem-sucedido, você pode mostrar ao seu paciente como os resultados estão alinhados com a avaliação da IA de baixa qualidade do oócito. 
    • — Forneça transparência ao seu paciente, destacando suas percepções personalizadas sobre a baixa qualidade dos oócito, permitindo que você gerencie melhor suas expectativas de sucesso para ciclos futuros. 
    • — Permita que as pacientes visualizem essas pontuações e a imagem dos seus óvulos podendo ajudá-las a aceitar essa notícia alinhado com as recomendações para futuras opções de tratamento. 
  • Identifique precocemente os problemas de qualidade dos oócitos para otimizar os ciclos futuros mais cedo, em vez de assumir que outros fatores são os principais motivadores. 
    • — Se o ciclo não for bem-sucedido, recomende ciclos adicionais e considere intervenções ou ajustes que foquem na qualidade dos oócitos. 
    • — A seu critério, considere a doação de óvulos como uma opção de tratamento futuro.

Resumo: Os médicos podem usar relatórios MAGENTA™ para destacar a baixa qualidade do oócito durante conversas de aconselhamento para ciclos malsucedidos e otimizar o tratamento futuro. Ao fornecer percepções personalizados sobre os pacientes, esses relatórios promovem a transparência e ajudam a alinhar os pacientes com as recomendações para tratamentos futuros. Em última análise, isso pode melhorar a satisfação dos pacientes com os serviços da clínica, levando ao aumento da retenção de pacientes para a clínica.

4. AS PONTUAÇÕES MAGENTA™ INDICAM ALTA QUALIDADE INESPERADA DE OÓCITOS:

Ações de aconselhamento e próximos passos:

  • Informe seu paciente que sua qualidade oocitária é maior do que o esperado: 
    • — Compartilhe com seu paciente que sua avaliação personalizada de oócito é maior do que as expectativas com base em sua idade e histórico reprodutivo. 
    • — Embora a idade seja um forte preditor da qualidade dos oócitos no público em geral, há uma grande variação entre pacientes da mesma idade. Embora seu paciente tenha qualidade de oócito acima do esperado, isso ainda não significa que o sucesso é garantido (veja o próximo ponto). 
  • Continue a gerenciar as expectativas do seu paciente, pois múltiplas variáveis contribuem para o sucesso final:
    • — Embora os relatórios MAGENTA™ sejam melhores do que os embriologistas na predição de resultados de blastocisto por oócito, essa tecnologia de IA ainda está evoluindo e não é 100% precisa.
  • Se o ciclo não for bem-sucedido, outros fatores podem precisar de mais consideração (por exemplo, qualidade do esperma, fator uterino).

Resumo: Ao perceber que a qualidade do oócito é maior do que o esperado, os médicos podem se concentrar na otimização de outros fatores para ajudar a melhorar os resultados do ciclo futuro. Os médicos podem compartilhar essas boas notícias com o paciente, continuando a alertar que outros fatores ainda podem afetar os resultados do ciclo que não são refletidos na pontuação MAGENTA™ (por exemplo, outros fatores relacionados à idade que podem afetar o sucesso).

Se você deseja fornecer um feedback sobre sua experiência de aconselhamento usando este guia, compartilhe-o conosco em info@futurefertility.com.

O software Future Fertility Oocyte, incluindo relatórios VIOLET e suas predições personalizadas de blastocistos e nascidos vivos, recebeu a marca CE, bem como a aprovação regulatória do Reino Unido e da Health Canada. Este artigo destina-se a médicos que atuam em regiões onde essas aprovações se aplicam.

A Future Fertility faz o seu melhor para fornecer os resultados mais precisos com base em tecnologias de ponta e desenvolvimento de software. As predições de resultados também podem ser afetadas pela qualidade de imagem abaixo do ideal.

REFERÊNCIAS

  1. Nayot D, Meriano J, Casper R, Krivoi A. 2020. An oocyte assessment tool using machine learning; Predicting blastocyst development based on a single image of an oocyte. 36th Annual Meeting of ESHRE – Copenhagen. https://futurefertility.com/wp-content/uploads/2022/11/ESHRE-2020-FF-Oocyte-assessment-tool-using-machine-learning-Predicting-blastocyst-development-based-on-oocyte-image.pdf.
STAY IN THE LOOP

Join our mailing list for dispatches on the future of fertility

    Your personal information will be used to respond to your request and will be governed by our Privacy Policy.

    Form was submitted!